Livro
Livro
NÃO FICÇÃO

Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas

Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas

RUTH MANUS

DIREITOS, TRABALHO, FAMÍLIA E OUTRAS INQUIETAÇÕES DA MULHER DO SÉCULO XXI.

Misturando humor, argúcia e profundidade, Ruth nos faz refletir e questionar (pre)conceitos e (in)certezas, recorrendo tanto a autores consagrados quanto à boa e velha sabedoria de boteco. Uma leitura atual e necessária.

 

“Com abordagem franca, Ruth Manus vem realizando um grande trabalho de conscientização. Este belo livro vem coroar sua trajetória de despertar mentes e aprofundar temas tão caros para a restituição de humanidades invisibilizadas.” — Djamila Ribeiro

“Este livro é um ato generoso de alguém que, apesar de toda justa exaustão, ainda constrói uma ponte. Depois da leitura, também quero ir além da exaustão e demolir todos os muros que existem em mim.” — Zack Magiezi

 

“Esta frase – ‘Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas’ – vem sendo uma companheira diária que me faz refletir sobre os papéis que desempenhamos. Acima de tudo, ela me faz questionar.

Por que estamos tão cansadas? Por que sentimos que o mundo está pendurado nos nossos ombros? Por que ainda temos tantos medos e tantas dúvidas, mesmo nos assuntos mais básicos? Por que ainda pensamos tantas vezes antes de dizer alguma coisa?

Por que ainda achamos que nosso trabalho é um concorrente da nossa família? Por que ainda nos cobramos um tipo de corpo que sabemos que não precisamos nem conseguimos ter?

Só de pensar nisso tudo já dá para ficar exausta. E não teria como não ficar. Mas pode ser mais leve se a gente abandonar alguns penduricalhos que realmente não precisam estar ali. Vamos tentar, juntas, nos libertar deles.”

Ruth Manus

DIREITOS, TRABALHO, FAMÍLIA E OUTRAS INQUIETAÇÕES DA MULHER DO SÉCULO XXI.

Misturando humor, argúcia e profundidade, Ruth nos faz refletir e questionar (pre)conceitos e (in)certezas, recorrendo tanto a autores consagrados quanto à boa e velha sabedoria de boteco. Uma leitura atual e necessária.

 

“Com abordagem franca, Ruth Manus vem realizando um grande trabalho de conscientização. Este belo livro vem coroar sua trajetória de despertar mentes e aprofundar temas tão caros para a restituição de humanidades invisibilizadas.” — Djamila Ribeiro

“Este livro é um ato generoso de alguém que, apesar de toda justa exaustão, ainda constrói uma ponte. Depois da leitura, também quero ir além da exaustão e demolir todos os muros que existem em mim.” — Zack Magiezi

 

“Esta frase – ‘Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas’ – vem sendo uma companheira diária que me faz refletir sobre os papéis que desempenhamos. Acima de tudo, ela me faz questionar.

Por que estamos tão cansadas? Por que sentimos que o mundo está pendurado nos nossos ombros? Por que ainda temos tantos medos e tantas dúvidas, mesmo nos assuntos mais básicos? Por que ainda pensamos tantas vezes antes de dizer alguma coisa?

Por que ainda achamos que nosso trabalho é um concorrente da nossa família? Por que ainda nos cobramos um tipo de corpo que sabemos que não precisamos nem conseguimos ter?

Só de pensar nisso tudo já dá para ficar exausta. E não teria como não ficar. Mas pode ser mais leve se a gente abandonar alguns penduricalhos que realmente não precisam estar ali. Vamos tentar, juntas, nos libertar deles.”

Ruth Manus

Compre agora:

Ficha técnica
Lançamento 11/11/2019
Título original
Tradução
Formato 14 x 21 cm
Número de páginas 192
Peso 380 g
Acabamento brochura
ISBN 978-85-431-0864-3
EAN 9788543108643
Preço R$ 34,90
Ficha técnica e-book
eISBN 978-85-431-0865-0
Preço R$ 21,99
Lançamento 11/11/2019
Título original
Tradução
Formato 14 x 21 cm
Número de páginas 192
Peso 380 g
Acabamento brochura
ISBN 978-85-431-0864-3
EAN 9788543108643
Preço R$ 34,90

E-book

eISBN 978-85-431-0865-0
Preço R$ 21,99

Ruth Manus

Sobre o autor

Ruth Manus

Nasceu em São Paulo, em 1988. Advogada e professora de Direito, firmou-se como cronista e escritora, sem deixar de lado a carreira jurídica. É autora de Pega lá uma chave de fenda e outras divagações sobre o amor (2015), Um dia ainda vamos rir de tudo isso (2018), Modéstia à parte – Coisas que o mundo inteiro deveria aprender com Portugal (2018) e Coisas que ninguém conta a um estudante de Direito (2019). Desde 2014 mora em Lisboa, com o marido, Filipe, e a enteada, Francisca.

VER PERFIL COMPLETO

Destaques na mídia

Mulheres não são chatas, elas estão exaustas e Ruth Manus pode provar isso em seu novo livro

Diferente dos outros livros de Ruth, que traziam um discurso mais amplo, este foi escrito especialmente para mulheres, abordando questões do cotidiano. A mudança é evidente já na linguagem, que parece uma conversa entre amigas - fato que, claro, não exclui os homens, também convidados ao diálogo. “Ao longo da minha breve carreira de escritora sempre tive muita preocupação em fazer um discurso que abrace homens e mulheres, mas neste livro não. Ele é como se estivesse falando com a minha irmã ou mãe. Acho que o assunto precisa dessa proximidade", conta ela.

Stefani Sousa – Revista Glamour

Turnê de lançamento

Veja no Blog da Sextante

Dez motivos para ler “Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas”, novo livro de Ruth Manus
NÃO FICÇÃO

Dez motivos para ler “Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas”, novo livro de Ruth Manus

Escritora se debruça sobre o realidade das mulheres, questiona estereótipos e aponta a pluralidade do feminismo, ainda estrangulado pelo patriarcado

LER MAIS

Outros títulos de Ruth Manus

Gosta da Editora Sextante?

Assine a nossa newsletter e receba as novidades.

Administração, negócios e economia
Autoajuda
Bem-estar, espiritualidade e mindfulness
Biografias, crônicas e histórias reais
Lançamentos do mês
Mais vendidos
Audiolivros
Selecionar todas
Administração, negócios e economia Lançamentos do mês
Autoajuda Mais vendidos
Bem-estar, espiritualidade e mindfulness Audiolivros
Biografias, crônicas e histórias reais Selecionar todas